Tamanho não é documento. A gestão de hamburguerias pode ser eficiente e garantir o sucesso do empreendimento mesmo em espaços bem pequenos. Pelo menos é o que mostra a experiência bem sucedida de hamburguerias de estrutura simples, inclusive aquelas localizadas em garagens.

O hambúrguer campeão é aquele que conquista clientes pelo preparo rápido e pela suculência. Com uma equipe capacitada, tecnologia e equipamentos de ponta, tudo isso fica mais fácil! Saiba como otimizar a gestão de hamburguerias em cozinhas e salões de pequeno porte.

Micro-cozinhas: dos food trucks para as hamburguerias

A falta de espaço e o alto custo do aluguel dos pontos comerciais nas grandes cidades faz a maioria dos arquitetos especializados buscar soluções criativas para bares, restaurantes e lanchonetes em geral. Afinal, se os food trucks conseguem operar com alto giro em espaços reduzidos, micro-cozinhas também podem!

O equipamento principal é a chapa,  mas com uma fritadeira e uma char-broiler a gás GLP, já é possível ter uma super cozinha de hamburgueria para operar em pouquíssimos metros quadrados. Mesmo pequenas em espaço, essas hamburguerias podem ser abastecidas pelo gás GLP a granel devido ao alto giro de produtos.

Leia também:

Procura chapa para hambúrguer? Veja 3 sugestões a gás GLP!
Como fazer um hambúrguer: muito além da chapa quente
Equipamentos para bares e restaurantes: como influenciam no cardápio?

Salão e cozinha de hamburgueria: como gerir os espaços? 

Tudo depende do seu esquema de trabalho. Como exemplo, vale citar a Pão com Carne, hamburgueria de sucesso numa das regiões mais movimentadas de São Paulo. O local tem uma cozinha de apenas 5m2 e um espaço total de 27 m2! O salão tem espaço para 10 pessoas em pé e 10 sentadas. A venda mensal chega ao número mágico de 10 mil hambúrgueres. Por lá, passam 400 pessoas por dia.

A aposta principal está na simplicidade dos lanches, no sabor, no preço justo e na rapidez da cozinha e do atendimento. A hamburgueria trabalha com fluxo contínuo de atendimento, sendo que só permanece nos balcões quem tem o lanche na mão.

O que fazer com os estoques de hamburgueria em imóveis pequenos?

Ainda no caso da Pão com Carne, a maioria dos funcionários não fica dentro da hamburgueria, mas na cozinha de apoio alugada a poucos metros de lá. Todo o estoque e o pré-preparo dos sanduíches acontece neste local, que também funciona como ponto de entrega dos fornecedores.  Um bom software de gestão de estoque pode ajudar - e muito - as hamburguerias a não comprarem demais, nem de menos, otimizando ao máximo seu espaço.

Gestão de hamburguerias: como acertar numa hamburgueria pequena?

A localização é um quesito chave. Você pode ter uma hamburgueria bem pequena, com apenas 2 metros de frente, de fachada do imóvel. E mesmo assim, pode trabalhar com alto giro de vendas. Mas isso depende do acerto na localização. Um grande volume de pessoas e estabelecimentos ao redor é fundamental. Hospitais, escolas, faculdades e escritórios nas proximidades sempre ajudam.

Outra saída é apostar no modelo delivery. Sem um salão avantajado, basear-se num modelo de entregas à domicílio pode garantir alto giro de vendas e clientes fiéis. Vale lembrar que isso depende sempre da qualidade do produto, do preço e do marketing. A panfletagem e a presença da sua marca em apps de comida delivery, com promoções adequadas e chamativas, podem fazer toda a diferença.