Seja você um proprietário recente ou antigo de pizzaria ou alguém que está planejando investir em uma, com certeza sabe que o forno é o coração desse negócio. Entre as opções de fornos para iniciar e as possibilidades de adaptação para quem já tem um, o gás GLP deve sempre ser uma alternativa a ser considerada.

São muitas as vantagens que um forno a gás apresenta. Mas se você quiser saber de apenas uma, aqui está: ele facilita sua vida! Quer conhecer as outras cinco vantagens? Então, continue lendo!

1. Aquecimento mais rápido

Enquanto um forno a lenha precisa de duas a três horas para chegar à temperatura ideal, em um forno a gás isso é feito em minutos. Além disso, o controle dessa temperatura ao longo da produção pode ser feito de forma mais rápida e precisa.

2. Limpeza simplificada

Um forno a lenha tem muitos inconvenientes, entre eles o de necessitar de uma limpeza pesada todos os dias. Principalmente por causa da fuligem e outras sobrinhas deixados pela lenha.

Com um modelo a gás, isso é feito de forma mais simples e rápida, porque não há tantos resíduos.

Leia mais
Como converter um forno de pizzas iglu a lenha para o gás?
Qual o espaço necessário para um forno de pizza a gás GLP?

3. Não produz fumaça nem fuligem

A fumaça e a fuligem produzidas por um forno a lenha trazem diversos incômodos. Especialmente os relativos a reclamações de vizinhos em casos de pizzarias próximas a prédios residenciais. Essa é outra vantagem do forno a gás, que praticamente não gera fumaça e nenhum tipo de fuligem.

4. Otimiza o uso do espaço de modo limpo

Tanto para a entrega quanto para o armazenamento, a lenha ocupa um espaço considerável. Além disso, gera sujeira, solta resíduos e pode atrair bichos, como insetos, aranhas e escorpiões. Já uma instalação de gás GLP ocupa um espaço máximo de dois metros quadrados na área externa, sem risco de sujeira e sem trabalho de armazenamento.

5. Não influencia no sabor das pizzas

Existe um mito de que pizzas assadas em forno a lenha teriam um sabor diferenciado. Porém, isso não é verdade. O que faz a diferença no sabor de pizzas é o preparo, a qualidade da massa e dos ingredientes e o manuseio dela no forno.

Isso ficou provado em um teste cego realizado em 2016 pelo Instituto Mauá, no qual as pessoas não souberam diferenciar entre as pizzas assadas nos dois tipos de fornos.