Nos últimos dias, vem crescendo a orientação para que todas as pessoas usem máscara ao sair de casa, mesmo que não apresentem nenhum sintoma da Covid-19. Em uma entrevista no dia 2, o Ministério da Saúde mudou o entendimento anterior de que máscaras deveriam ser utilizadas apenas por aqueles infectados pelo coronavírus ou com sintomas.

Com isso, é extremamente importante que estabelecimentos que oferecem alimentação fora do lar se adaptem e orientem todos os profissionais que estão trabalhando a usar máscara. Isso vale não apenas para quem está na produção dos alimentos, mas também quem está no atendimento ao público e na entrega via take away para os clientes e também para os entregadores de aplicativos.

Desde o início da pandemia do coronavírus, vem sendo difícil encontrar máscaras para comprar. Dessa forma, uma solução é utilizar máscaras “caseiras”. O ministério orienta que, para ser eficiente como barreira física, a máscara deve ter pelo menos duas camadas de tecido e que esteja ajustada ao rosto, cobrindo o nariz e a boca.

Neste vídeo, a pediatra Ana Escobar ensina como fazer uma máscara caseira utilizando pano de limpeza e elásticos: https://www.youtube.com/watch?v=W0DiRDKmliY

Um estudo publicado na semana passada pela Nature Medicine reforçou a importância das máscaras para reduzir a disseminação da Covid-19 por gotículas respiratórias e aerossóis.

---------

Durante a crise do coronavírus, a Ultragaz está selecionando notícias de interesse de estabelecimentos de alimentação fora do lar. Confira todas as notícias e também o conteúdo sobre o tema desenvolvido especialmente para o canal em https://ultragazempresas.com.br/especial-covid-19/