Com a diminuição dos novos casos de coronavírus na Europa, países do continente estão iniciando a reabertura gradual da economia e definindo as regras para volta do funcionamento de estabelecimentos comerciais, escolas e empresas. Não há um modelo único e diferentes propostas começam a ser testadas a partir de maio.

A reabertura de bares, restaurantes e outros estabelecimentos que oferecem alimentação fora do lar ocorrem em momentos distintos nos diversos países. Para os estabelecimentos brasileiros, é importante acompanhar como essa reabertura vai ocorrer porque certamente ela irá influenciar as decisões dos governos por aqui.

Na Espanha, país com mais casos no continente europeu, a abertura a partir de 4 de maio terá quatro fases, numeradas de 0 a 3. As etapas ainda não têm data exata para acontecer, mas a passagem por todas elas deve levar entre seis e oito semanas, com diferenças na evolução em cada região.

O país estabeleceu medidas muito restritivas e só agora começará a liberar a oferta de serviços de take away nos restaurantes na fase 0. Na fase 1, será autorizada a abertura para clientes de “terrazas” – espaços abertos, tipo coberturas – com ocupação máxima de 30%. Na fase 2, acontecerá a abertura dos restaurantes com limitação de ocupação e na fase 3, a ocupação será ampliada, mas garantindo a separação entre os clientes.  Confira o detalhamento de cada fase neste gráfico do jornal El País (em espanhol) .

Outra reportagem (disponível em português) detalha a abertura de restaurantes e outros estabelecimentos comerciais em países europeus além da Espanha. Na França, a redução do confinamento começa no dia 11 de maio, com a reabertura de lojas, mas bares e restaurantes terão que esperar por uma segunda fase, cuja data ainda não foi definida.  A Alemanha, que iniciou a flexibilização das regras da quarentena ainda em abril, ainda não divulgou  quando acontecerá a abertura de bares e restaurantes.

Em Portugal, pequenos comércios irão começar a abrir no dia 4 de maio e estabelecimentos de maior porte, no dia 18. O governo irá anunciar nos próximos dias o plano de reabertura de outros setores da economia. A Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal (AHRESP) entregou ao Governo uma proposta de "Guia de boas práticas", orientando sobre reorganização dos espaços, controle de entrada, medidas de higiene e limpeza, equipamentos de proteção individual e cuidados na preparação de alimentos, entre outros.

--------------------------------------

Durante a crise do coronavírus, a Ultragaz está selecionando notícias de interesse de estabelecimentos de alimentação fora do lar. Confira todas as notícias e também o conteúdo sobre o tema desenvolvido especialmente para o canal em www.ultragrazempresas.com.br/especial-covid-19.