Era grande a expectativa em São Paulo nesta quarta-feira (22) para o pronunciamento do governador João Doria sobre o plano de reabertura gradual da economia durante a pandemia do coronavírus, mas as informações foram genéricas e não houve aprofundamento em relação ao calendário de retomada a partir de 11 de maio. Doria afirmou apenas que os municípios serão divididos em zona de risco. O  protocolo de abertura será em fases, sempre guiado pela ciência e pela saúde, a partir do que for verificado como comportamento do coronavírus, e que o uso de máscara será obrigatório. Detalhes sobre áreas da economia e cronograma de retomada serão divulgados no dia 8 de maio.

Na manhã desta quarta-feira, Doria conversou com o Café da Manhã, podcast do jornal Folha de S.Paulo, sobre o plano de saída da quarentena. Clique aqui para ler a reportagem e ouvir o episódio.

Alguns outros Estados já flexibilizaram a quarentena. É o caso de Santa Catarina, que liberou o funcionamento de bares, restaurantes, pizzarias, cafeterias, casas de chá ou de sucos, lanchonetes e confeitarias. As novas regras são válidas desde 22 de abril, quando foram publicadas no Diário Oficial, e servem como parâmetro para empresários do ramo de alimentação fora do lar de outros Estados enquanto aguardam as deliberações específicas para a reabertura na região. Entre as novas regras, estão:

  • afastamento mínimo de 1,5 metro de raio entre cada cliente que estiver consumindo no local;
  • entrada no estabelecimento é vinculada ao uso de máscara, que só pode ser tirada durante a refeição;
  • oferta de álcool em gel 70% na entrada e saída de buffets e também no local onde ficam talheres e pratos;
  • talheres devem ser embalados individualmente. Pratos, copos e demais utensílios devem estar protegidos;
  • oferta de luvas descartáveis para os clientes usarem ao se servir – devem colocá-las antes de pegar prato e talheres;
  • disponibilidade de álcool 70% no caixa para higienização dos funcionários e clientes;
  • organização de filas de garantindo que clientes estejam pelo menos a 1,5 metro uns dos outros;
  • higienização das máquinas de pagamento de cartão com álcool 70% após cada uso.

Durante a crise do coronavírus, a Ultragaz está selecionando notícias de interesse de estabelecimentos de alimentação fora do lar. Confira todas as notícias e também o conteúdo sobre o tema desenvolvido especialmente para o canal em www.ultragrazempresas.com.br/especial-covid-19