Uma boa distribuição é a chave para o sucesso de uma cervejaria artesanal e ao mesmo tempo um grande desafio a ser resolvido. Fazer o produto chegar ao ponto de venda tem impactos grandes no custo final para o consumidor e as cervejarias têm buscado alternativas e soluções conjuntas para resolver os entraves logísticos.

Carlo Enrico Bressiani, diretor-geral da Escola Superior de Cerveja e Malte, afirma que, ao planejar a logística de distribuição nas cervejarias, é preciso considerar algumas variáveis. A primeira delas é o tipo de finalização, se a cerveja é pasteurizada ou não. “A logística da cerveja não pasteurizada é muito mais complexa porque exige uma cadeia fria de ponta a ponta, com refrigeração em todas as etapas. Mas é, sem dúvida, um produto diferenciado.”

A outra variável é se a cervejaria vai optar por logística própria ou terceirizada. A própria garante controle do processo e o contato com o cliente final, mas é muito onerosa e pode se tornar inviável para algumas distâncias para quem fornece quantidades pequenas. Na terceirizada, a distribuição se torna mais um elo da cadeia, sendo realizada por empresas que distribuem diversos produtos e marcas. Dessa forma, o custo de deslocamento é reduzido, mas o fabricante perde o controle do processo end to end.

Brewpubs e distribuição local

“Não há um modelo único e perfeito e várias estratégias vem sendo testadas pelas empresas para conseguir chegar a mais pontos de vendas e reduzir o custo”, destaca Bressiani. Uma dessas alternativas para escoar a produção é a abertura de brewpubs, bares instalados na própria cervejaria para comercializar a bebida. Os brewpubs passaram a ser uma opção interessante a partir de 2018 devido a vantagens tributárias para venda direta ao consumidor final, por meio do Simples Nacional.

Leia também: 5 dicas sobre vigilância sanitária em cervejarias

Bressiani avalia ainda que há uma forte tendência de atendimento ao mercado regional. “A melhor cerveja é a que está no tanque e fatores como a movimentação e a variação térmica podem alterar o sabor.  Por isso várias marcas optam por focar no mercado local.”

Distribuição coletiva

Uma alternativa de distribuição nas cervejarias que vem crescendo e se mostrando vantajosa para as marcas que buscam atingir grandes mercados é o uso da logística conjunta. É o que tem feito, por exemplo, um grupo de cervejarias da região de Blumenau (SC).

O sócio e diretor-executivo da Cerveja Blumenau, Valmir Antonio Zanetti, afirma que a logística é uma questão importante para as cervejarias especialmente devido às distâncias e condições de deslocamento nas estradas. “Estamos construindo ideias conjuntamente. Criamos uma associação para compartilhar soluções e operar de forma consorciada tanto para a distribuição quanto para a compra e transporte de insumos”, explica.

A Associação Vale da Cerveja, constituída em 2018, reúne dez cervejarias de cinco cidades da região. Ele explica que os impactos por enquanto têm sido maiores na aquisição de insumos e produtos do que na distribuição porque nem todas comercializam para outras regiões do país. A distribuição local, em um raio de 100 quilômetros, é realizada individualmente por cada uma das empresas.

“Já tivemos uma redução de custos de aproximadamente 10% nas aquisições. Um caminhão que vai levar cerveja de duas ou três empresas para São Paulo ou Minas já retorna com barril ou malte, por exemplo. E houve uma mudança de pensamento, uma cervejaria não teme mais abrir quantidade de um determinado insumo ou de garrafas que está adquirindo para outra porque entendemos que todas estão ganhando”, diz Zanetti, que é um dos fundadores e membro do conselho da associação.

A Cerveja Blumenau está presente em cerca de 2 mil pontos de vendas de dez estados brasileiros. Além dela, outras duas cervejarias da região chegam a áreas mais distantes. Para ele, os bons resultados já obtidos estão encorajando outras marcas a apostar na distribuição para novos mercados.

Quer saber mais sobre o mercado cervejeiro no Brasil e a participação de cada Estado neste movimento que vem conquistando cada vez mais adeptos? Clique no banner para baixar gratuitamente o infográfico.

A Ultragaz mantém uma equipe especializada para atender e orientar as cervejarias artesanais sobre o uso de energéticos e desenvolveu também uma solução de automação que contribui para a padronização de ganho de tempo de produção. Para saber mais, clique no banner e agende uma visita gratuita.