Com redução brusca de receita devido ao período de isolamento social durante a pandemia do coronavírus, bares e restaurantes brasileiros estão buscando crédito em instituições financeiras, mas a grande maioria dos pedidos tem sido negada. É o que aponta uma pesquisa feita pela Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel) divulgada esta semana.

O levantamento indicou que 80% dos empresários do setor já buscaram algum tipo de crédito junto aos bancos durante a pandemia. Porém, do total de solicitações, 81% foram negadas. A falta de capital de giro está afetando o dia a dia dos estabelecimentos. Entre os entrevistados, 78% disseram que precisaram renegociar contratos de aluguel e 62% têm dificuldades para repor os estoques.

A pesquisa entrevistou 1.558 estabelecimentos entre os dias 15 e 18 de maio. Para 64% das empresas, o faturamento caiu mais de 75% em comparação com o período anterior à pandemia do coronavírus.

A associação informa que, após esse período inicial em que existiram dificuldades, acredita que houve aprendizados. Dessa forma, espera que a partir de agora comece a acontecer a liberação de crédito de maneira mais efetiva.

Confira aqui mais informações sobre a pesquisa.

--------------------------------------
Durante a pandemia do coronavírus, a Ultragaz está selecionando notícias de interesse de estabelecimentos de alimentação fora do lar. Confira todas as notícias e também o conteúdo sobre o tema desenvolvido especialmente para o canal em www.ultragrazempresas.com.br/especial-covid-19.