A reforma de restaurante ou bar é algo que muitos proprietários e gestores temem pelo risco de causar problemas e dores de cabeça. Pudera: em um estabelecimento comercial, é muito importante que as obras aconteçam o mais rápido possível, pois estabelecimento fechado é sinônimo de prejuízo. Por outro lado, é preciso ter a preocupação em garantir uma boa estrutura aos clientes, com um ambiente bem planejado que traga conforto e permita uma boa circulação de pessoas.

Para assegurar que a reforma de um restaurante ou bar aconteça sem grandes imprevistos, o ideal é fazer um planejamento detalhado da obra com a ajuda de um profissional especializado. Um arquiteto, por exemplo, pode prestar o serviço desde a consultoria, fazendo o diagnóstico do que é necessário mudar no ambiente, formular o projeto e coordenar a execução da obra.

Além disso, a ajuda de um profissional traz mais segurança de que todas as mudanças irão seguir as normas sanitárias, acessibilidade e segurança. Isso diminui muito os riscos burocráticos e jurídicos do negócio. Convidamos a arquiteta Natalia Ferian, da NeoGourmet Arquitetura, para dar algumas dicas a respeito.

Fachada do bar ou restaurante

Segundo a arquiteta, a fachada é o primeiro contato que o cliente terá com o estabelecimento, funcionando como um “cartão de visitas”. Por isso, ela merece especial atenção. “A principal preocupação na fachada é manter a atratividade, transmitindo a imagem de limpeza e organização”, diz.

Natalia explica que a calçada precisa ser acessível e segura, permitindo que as pessoas transitem com tranquilidade e possam usá-
-la como fila de espera, quando necessário. Outro cuidado é a comunicação visual e a iluminação. Para uma fachada mais organizada, o ideal é que a única informação existente seja o nome do estabelecimento.

“Quanto à iluminação, fachadas muito escuras não transmitem conforto e segurança, por isso é muito importante estudar qual o tipo de iluminação mais adequada para o estabelecimento”. Vale se atentar bastante a esse ponto na sua reforma de restaurante ou bar!

Reforma de restaurante: o layout do espaço comum

O desenho do espaço interno precisa ser extremamente funcional e agradável. De acordo com Natalia, é preciso dar atenção especial principalmente para o salão de mesas, mantendo um espaço adequado entre os móveis para que os funcionários possam circular com segurança e os clientes se sintam confortáveis durante a refeição.

A arquiteta destaca que é preciso sempre considerar as normas de acessibilidade em todo o projeto arquitetônico da reforma. É importante que o bar ou restaurante esteja pronto para receber todas as pessoas. Um local acessível é definido como um ambiente livre dos obstáculos, aqueles que dificultam ou, até mesmo, impedem o fluxo das pessoas.

Para ajudar nessa questão, basta ficar atento às orientações da Norma Brasileira 9050, elaboradas pela Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), que determinam os requisitos para que um estabelecimento seja considerado acessível.

Leia mais
Planta de restaurante: quanto espaço ocupa uma churrasqueira a gás?
Planta de restaurante: confira 5 exemplos funcionais e criativos

Iluminação do ambiente

Segundo a arquiteta, a claridade nos ambientes é sempre muito importante numa reforma de restaurante ou bar. Mesmo se a intenção for deixar o local mais intimista, é preciso que o cliente possa visualizar com nitidez o espaço e a sua comida. Isso transmite mais segurança a ele.

Uma opção estratégica na reforma de restaurante ou bar é deixar áreas reservadas com iluminação um pouco mais escura e deixar o cliente escolher onde ele prefere se acomodar. Além disso, a arquiteta recomenda que a iluminação natural seja aproveitada sempre que possível. Isso pode ser feito por meio das janelas e portas da fachada, ou também pela iluminação zenital, que ocorre quando são feitos vãos na cobertura do espaço para a entrada da luz natural no ambiente.

Cozinha mais produtiva

A cozinha é o coração do estabelecimento. Segundo a arquiteta, é esse o ambiente que determina todo o fluxo de funcionamento, por isso, merece toda a atenção.

Na reforma de restaurante ou bar, o principal cuidado com a cozinha é o dimensionamento do seu ambiente. É preciso se perguntar se o espaço é suficiente para receber todos os equipamentos necessários e se irá atender à demanda de refeições em diferentes horários e dias.

“O dimensionamento da cozinha influencia significativamente no cardápio, pois com um espaço pequeno, será mais difícil executar vários pratos ao mesmo tempo. Isso diminui a variedade de pratos que você poderá oferecer aos seus clientes”, explica Natalia.

Reveja seus equipamentos e o energético utilizado

Um reforma de restaurante ou bar é um dos melhores momentos para aproveitar a pausa nos negócios e rever a estrutura energética utilizada. Isso pode ser feito tanto por meio da modernização dos equipamentos da cozinha, como também com mudanças na matriz energética do estabelecimento.

Se, por exemplo, o bar ou restaurante utiliza uma churrasqueira a carvão para preparar as carnes da refeição, é possível aproveitar a reforma para substituir o equipamento por uma churrasqueira a gás, que é mais limpa e ocupa menos espaço na planta.

Fornos elétricos também podem ser substituídos por modelos a gás, que consomem menos energia e podem resultar em uma boa economia nas contas do fim do mês. E o melhor é que o dono do bar ou restaurante pode contar com a ajuda dos técnicos da companhia de gás para fazer todo o planejamento de instalação do gás GLP, segundo as normas técnicas exigidas.